Jamais… Nunca mais!!

jun 22

Jamais lamentarei
pelo verso esquecido,
pelo beijo roubado,
Pelo amor revelado.

Jamais rasgarei
outra carta de amor
nem escrevei outro verso
cheio de flor
quando os meus momentos
revelarem a dor!

Jamais esquecerei
o tudo
daquele velho mundo
que um dia reinventei.

Jamais! Nunca mais…

Logo eu que,
em minha dualidade,
sempre achei que a intensidade
fosse um revelar de promessas sem cumprir!

Nunca mais escreverei versos
que não revelem o sentir…
Nunca mais lamentarei um poema
que um dia esqueci!
Nunca mais escreverei qualquer letra
que não seja intensa
a ponto de ouvir passos…

Nunca mais… Jamais…

Jamais: esse tempo verbal cheio de sem fim…

[Suzana Martins 03/2015]

Imagem: Google / Edição: Suzana Martins

Imagem: Google / Edição: Suzana Martins

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

6 comments

  1. valquiria cruz /

    Amei….lindo demais, e diz muito nesse momento meu!!!!
    Beijos mulher linda!!!!

  2. Querida Valquíria, obrigada pela visita e comentário!!
    É tão bom quando as nossas palavras reverenciam momentos…
    É sempre bom tê-la por aqui!!!
    Beijos lindona!!^^

  3. Oi, Suzana!
    O que dizer de um poema tão visceral!
    Nunca mais por si já é bem forte!
    Beijus,

  4. Oi Lu!!!!
    Você é sempre tão atenciosa!!!
    Obrigada pelo carinho e palavras!!

    Beijos e linda semana!!

  5. Danúbia /

    Eu já rasguei algumas carta rs.
    Parabéns

  6. Danúbia, obrigada pela visita!! ^^
    Rasgar cartas às vezes faz bem… rs
    Beijos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.