Poesia, minha maresia!

out 03

Olho para os teus versos,
vejo sorrisos.

Olho para o céu
e sinto a eterna gratidão
por contemplar estrelas.
Olho para o mar
e deixo a brisa me envolver.
O cheiro de maresia,
o sal que a derme acaricia
recita versos no final do dia!

Olho. Vejo poemas.
Observo solombras
que enfeitam a noite.
Rasgo o sentir.

Olho.
Observo.
Vejo.
Sinto.
Tu moras em mim
divagando no sem fim…

Imagem: Google

Imagem: Google

Suzana Martins – 10/2014

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.